RETROSPECTIVA 2018!

Chegando o final de um ano, eu faço aquele costumeiro balanço sobre tudo o que vivi no decorrer dele.  De tudo que ficou marcado na minha cabeça e no meu coração, no decorrer do ano de 2018, posso destacar:

JANEIRO 2018:

Esse mês foi de férias intensas na praia!

FEVEREIRO 2018:

O que mais me marcou neste ano foi a mudança de escola do meu filho mais velho; a sua passagem para o primeiro ano do ensino fundamental!

Eu falei sobre a formatura do Felipe no meu post: Retrospectiva-2017

Bem como o ingresso na vida escolar do meu mais novo:

Falei sobre todos os detalhes dessa adaptação no meu post: Aadaptação-escolar-sentindo-na-pele

Mês do meu aniversário. Embora eu não seja fã de fazer aniversário, é um mês no qual naturalmente ocorre reflexões e agradecimentos pela minha vida. Me considero privilegiada e não por “ter” tudo, pois claro que não tenho; mas por identificar a felicidade em tudo o que eu tenho. Os meses de Fevereiro costumam ser os meses onde eu retomo essa consciência e agradeço muito à Deus pela minha vida!!!

Também é o mês do carnaval!! E foi só pra colocar essa foto sobre o carnaval mesmo! Por que eu não sou fã do carnaval mesmo nascendo no mês no qual ele predomina!

MARÇO 2018:

Mês em que o Gabriel completou 2 aninhos e que o Felipe completou 06 anos de idade.

Todos os anos eu agradeço a Deus pela minha família e peço muita saúde para vocês, meus amores!

Mostrei todos os detalhes da festa deles nesse post: Festa-de-aniversário-Felipe-e-Gabriel

Casamento da minha irmã!

Micheli casou, foi um dia muito especial para nossa família e fiz o vlog acima para registrar!

ABRIL 2018:

Um mês de reflexões importantes…

Sem grandes eventos “externos”,diria que este mês foi um mês de mudanças interiores que aconteceram comigo e que sem que eu soubesse estariam “me preparando” para o que viria pela frente que eu não poderia imaginar…

Foi um mês em que eu comecei a “correr”… Eu vinha praticando atividade física desde Março, porém em Abril comecei aumentar o ritmo e correr de fato. Pela primeira vez, em toda a minha vida, me vi correndo na velocidade de 8km/h por 10 minutos ininterruptos. Daí diminuía a velocidade e aumentava até completar 1 hora na esteira. Tudo isso aconteceu concomitantemente com meu mergulho no universo da PNL (Programação Neurolinguística) e na minha cabeça muitas coisas começaram a ser olhadas de forma diferentes. Até que, surgiu o maior de todos os projetos da minha vida em meio a tudo isso: ter mais um bebê.

Daqui em diante, fui estudar estética, continuei praticando atividade física e planejando mais um filho. Estava com meus planos e minhas práticas a todo vapor, me sentindo feliz, plena, absoluta!!!

Como foi um ano de muitas visitas na praia, maior parte desses planos aconteciam em momentos assim:

MAIO 2018:

O dia das mães desse ano foi muito especial. Foi o primeiro dia das mães que recebi homenagem na escola dos meus filhos. A escola que o Felipe estudou no passado fazia somente a “festa da família”. Eu nunca tinha vivenciado a emoção de ser homenageada pela escola e neste ano eu pude viver isso, foi especial demais mesmo com Gabrielzinho chorando todo o tempo da homenagem. kkkkkkkkkkkkkk… Felipe também cantou para mim, fiz vídeos incríveis mas nas fotos, ele aparece somente ao lados dos amigos, por uma questão de respeito à imagem, não postei aqui.

Outra situação que marcou o mês de Maio foi a minha segunda tatuagem!

Eu e mais 3 amigas combinávamos essa tatuagem há tempos e ela saiu! Gravamos nosso amor na pele e registrei tudo nesse vlog:

O Corinthians foi Campeão Paulista 2018!

JUNHO 2018:

A primeira Copa do Mundo vivenciada pela meu pequeno Gabriel e a segunda Copa do Mundo vivenciada pelo meu amor Felipe:

Nessa Copa o que me marcou foi a consciência do Felipe de perder o jogo e sair da copa.

Completei 11 anos de casada! Fomos comemorar no Restaurante A Bela Sintra e mostrei todos os detalhes nesse post: Aniversário-de-casamento

 JULHO 2018:

No dia 05/07/2018 recebemos a linda notícia da gravidez da Micheli, minha irmã. 

Um evento tão lindo e tão importante na minha vida que fiz uma homenagem para minha irmã, nesse post: Quando-soube-da-gravidez-da-minha-irmã

Nesse mês eu recebi a confirmação de uma gravidez não evoluída, ou seja, não estou grávida, mas em Julho foi quando eu descobri que seria mãe do meu terceiro bebê. Um fato que me marcará para sempre e por essa razão não tinha como não aparecer na minha retrospectiva.

AGOSTO 2018:

Nossa deliciosa viagem para Bariloche! Eu postei todos os detalhes aqui no blog em vários posts:

VIAGEM BARILHOCHE – ARGENTINA

VIAGEM BARILOCHE – CERRO CATEDRAL

VIAGEM BARILOCHE – PIEDRAS BLANCAS

VIAGEM BARILOCHE – RETORNO AO CERRO CATEDRAL

VIAGEM BARILOCHE – CERRO CAMPANÁRIO

VIAGEM BARILOCHE – CAMINHO DOS SETE LAGOS – SAN MARTIN DE LOS ANDES

VIAGEM BARILOCHE – TOUR PELAS LOJAS DE CHOCOLATES

 

SETEMBRO 2018:

Quando voltei de viagem, fui dar início ao meu pré natal de fato, e descobri que meu bebê não evoluiu. Foi um dos dias mais tristes que já vivenciei em toda a minha vida. Eu também contei tudo, com riqueza de detalhes, todos os passos desde o planejamento da gravidez até a perda do bebê, nesse post:

A DOR DE ACORDAR DE UM SONHO

OUTUBRO 2018:

E por falar em “perdas”; 2018 foi um ano “muito adulto” nesse sentindo pra mim. Vivi “igual gente grande” esse quesito perdas. Perdas essas que doem ainda, não estão cicatrizadas. No dia 11/10/2018 eu perdi minha avó. Posso dizer que a pessoa “mais próxima” que já perdi e que essa perda DÓI, dói muito. No início, minha dor era diária, hoje elas são pontuais, mas ainda bem doloridas.

O engraçado é o quanto sentimos a perda nas coisas mais simples, mais ínfimas. Por exemplo: uns dias atrás, estou eu numa consultoria por telefone com a minha mãe me ensinando a caramelizar frutas. Enquanto eu esperava o açúcar cozinhar e minha mãe ia me conduzindo; num simples comentário que minha mãe fez assim: “a vó deixava no fogo baixo e sabia o ponto certinho, eu vou mexendo aos poucos para não amargar”. Um comentário bobo que me remeteu a minha avó e me fez DE NOVO lembrar que não a tenho mais. Que ela não mais dará aquele sorrisão ao abrir a porta de casa e os braços para me abraçar.

Eu não imaginei que ela iria embora assim. Desde que eu era criança, eu sempre a enxerguei como tão forte, tão ativa, de uma crença inabalável em Deus, tão alegre, tão para cima, tão do bem… Eu nunca imaginei passar por essa perda dessa maneira e posso dizer que dói. Ainda dói.

Também recebi uma notícia maravilhosa! Eu anunciei o nascimento da princesa Alice aqui no blog, no ano passado, nesse post:

RETROSPECTIVA 2017!

E nesse mês, eu recebi um presente para a vida! Eu fui convidada para ser MADRINHA da Alice. Desde então eu a chamo de “minha pequena Alice”, contei todos os detalhes desse convite, nesse post:

FELIZ ANIVERSÁRIO PEQUENA ALICE!

NOVEMBRO 2018:

Meu filho perdeu os primeiros dentinhos! Para mim, uma nova fase que se inicia e me causou emoção. Registrei os detalhes nesse post:

TCHAU DENTE DE LEITE!

DEZEMBRO 2018:

Mês de festas, comemorações e agradecimentos. Mesmo sendo um dos anos mais difíceis em termos de perda, na minha vida. Não faltam motivos para agradecimentos!!!

Assim me despeço de mais um ano e agradeço de coração tudo o que tive a oportunidade de  vivenciar em 2018 por que foram muitas coisas boas. As coisas difíceis eu agradeço o crescimento que estão me proporcionando. Peço a Deus que reserve e a você um 2019 LINDO! Amém!

FELIZ ANO NOVO!!!

Muitos Beijos!!!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *