DIÁRIO DE VIAGEM #12 – ALBEROBELLO – ITÁLIA

Mais uma cidade “diferentona” que tivemos o prazer em conhecer, nessa incrível viagem de férias.

Assim como Matera, Alberobello é bem pequena. É possível conhecê-la num único dia, sem nenhuma pressa, como fizemos. Ela tem cerca de 11.000 habitantes, para você ter uma noção.

A fama de Alberobello cresceu por conta de suas habitações chamadas de Trullo. Este nome refere-se as construções de pedras, com esses telhados em forma de cone.

Fiquei encantada com cada cantinho que visitei nessa cidade. Além de ser tudo muito lindo, eu só conseguia pensar na dificuldade para construir esses telhados de pedra sobre pedra e, além disso, mantê-los! A cidade muito bem cuidada e LINDA!

Em 1996, Alberobello recebeu o título de Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

O que contam é que as construções eram feitas dessa forma para facilitar que o povo que ali vivia fugissem dos pagamentos de impostos retirando as pedras do topo do Trullo, fazendo as casas se passarem por construções abandonadas.

Sobre nossa hospedagem, ficamos num hotel que parecia mais um ponto turístico do que outra coisa. A foto acima é do quintal do apartamento onde ficamos hospedados.

Não consegui ter maturidade e acabei fazendo um ensaio fotográfico do topo do nosso apartamento!

No vlog, no final desse post, deixei detalhes da nossa hospedagem, bem como estou montando um post com todos os detalhes dos hotéis por onde passamos.

Não foi a hospedagens das mais baratas onde ficamos, pelo contrário! O que achei legal é que fizemos tudo a pé e conhecemos toda a cidade rapidamente por estarmos num local bastante estratégico.

Além disso, ficar hospedado num Trullo é como eu disse, o próprio ponto turístico! No meu vlog (final desse post), você verá alguns turistas perguntando para meu marido como faziam para subir ali onde eu estava tirando fotos! Ele explicou que não seria possível por trata-se de um hotel.

Nós visitamos 02 diferentes bairros da cidade: Aia Piccola e Monti.

Trulli Siameses

o “Trulli Siamases” é bastante famoso na região, um dos pontos indicados para ser conhecido quando você passeia por Alberobello. Como muitas histórias que se contam, nesses lugares turísticos; o que contam sobre o “Trulli Siameses” é que pertenceu a 02 irmãos que eram apaixonados pela mesma mulher. Ela foi prometida ao mais velho, porém casou com o mais novo. Assim, dividiram a casa e fizeram 02 entradas por ruas diferentes para que eles não se encontrassem. E é aquela história: tudo vira ponto turístico! Rsrsrsrsrsrs…

São construções bem diferentes de tudo o que estamos acostumados a ver e, andando pela cidade, é possível visitar antigas habitações, bem como muitos comércios feitos nos próprios “Trulli” (Trulli é o plural de Trullo. Para mim é muito difícil falar uma palavra no plural que não tenha “S” no fim. No vlog, eu errei várias vezes por que não conseguia falar apenas “Trulli”!)

Dependendo do comércio, você é convidado a subir no topo para tirar fotos!

Outro ponto turístico dito como imperdível é o Trullo Sovrano que também visitamos, como você verá no vlog!

Os “Trulli” estão espalhados por toda a cidade, o que deixa a paisagem muito linda e especial. Assim como em Matera, eu não conseguia parar de fotografar. Alberobello é aquele tipo de lugar que não se compara a nenhum outro que conhecemos.

Ahhhh esses priminhos!!! É muito encantador vê-los juntos! Um amor inexplicável que contagia todos ao redor! Lindo de ver!

Nós jantamos numa espécie de avenida principal de comércios da cidade. A comida estava bem gostosa e estou montando um post específico sobre todos os restaurantes por onde passamos! Colocarei o link aqui, em breve.

Gratidão define minha sensação sobre o dia vivido em Alberobello. Que cidade MA-RA-VI-LHO-SA! Diferente de qualquer lugar onde eu já estive, uma cidade que conserva suas construções, tradições e encanta. E como encanta!!! Saí de lá MUITO ENCANTADA com este lugar tão especial.

No vlog abaixo, você terá a oportunidade de saber mais detalhes sobre a cidade e sobre nosso LINDO dia em ALBEROBELLO, belo não, belíssimo!

Muitos beijos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *