COMPRINHAS NOS ESTADOS UNIDOS

Sempre que viajo, mostro as comprinhas que fazemos durante a viagem! Já falei sobre roteiro de compras nos Estados Unidos aqui no blog, algumas vezes. E sempre ressalto os motivos pelos quais continuo acreditando vale a pena comprar lá, mesmo com o dólar em alta.

Nos vídeos a seguir, mostro cada compra feita na minha última viagem para Orlando, viagem que mostrei em detalhes aqui no blog, nos posts:

Por fim, mostro um roteiro de compras nos Estados Unidos que é o meu roteiro base de todas as viagens!

Por falar em compras, mostrei cada uma das minhas comprinhas de viagem numa série de vídeos do meu canal:

Nos vídeos acima eu falo inclusive sobre dicas de cupons de desconto, explico os sites que costumo utilizar para conseguir descontos bons; falo sobre a ordem das lojas que visito considerando do preço “mais barato” para o “mais claro” e explico a lógica do meu pensamento para seguir esse roteiro. Aproveite e boas compras!!!

Para que você não perca esse tipo de dica, cadastre-se aqui no blog, você receberá sempre as notificações de conteúdo!

Muitos Beijos!!!

COMPRINHAS DOS ESTADOS UNIDOS PARA O MEU BEBÊ

Minha querida e abençoada irmã viajou para os EUA e me quebrou “uma árvore” e não somente um galho!!! kkkkkkkk

Com isso, pude comprar várias coisinhas extras para meu baby e deixar seu enxoval ainda mais com cara de “Gabriel”!!! Sim, por que agora ele usará ainda mais suas próprias roupinhas e as roupinhas do Felipe serão mais complemento!

Dentre tudo o que comprei, aproveitei para trazer algumas coisinhas que faltaram:

móbile

Móbile Fisher-price

tapete atividades

Tapete de atividades Skip Hop

chupeta

Chupetas Mam. Na gravidez do Felipe, comprei chupetas Avent Philips e ele acabou não pegando. Talvez não tenha sido culpa da chupeta e sim da minha falta de experiência, não sei! O que sei é que conversando com várias amigas, elas preferiram chupetas Mam, por essa razão, dessa vez, tentarei com a bendita!!!

a+D 1

Pomadas para assadura! Tanto em bisnaga (para levar na bolsa) como em pote (para deixar na cômoda)

A+D

No vídeo eu explico a minha preferência por essa pomada!

No restante, trouxe roupinhas para eles que comprei usando os cupons de descontos do site: www.dealsplus.com como já falei aqui para vocês neste post: Importação-de-produtos-dos-Estados-Unidos

Agora eu te convido a assistir o vídeo e ver todos os detalhes das minhas comprinhas para a Gabriel e para o Felipe, é claro!

Caso você esteja montando o seu enxoval e ainda não tenha visto este post: Lista-de-enxoval-de-bebê-detalhada, vale a pena conferir!!!

Muitos Beijos!!!0101

COMPRAR PRODUTOS DOS ESTADOS UNIDOS E RECEBER NO BRASIL

Há 04 anos atrás, grávida do meu primeiro filho, o Felipe; e exatamente nessa época eu estava fazendo o enxoval dele em Miami. Outros tempos, outra época, outro dólar.

Até poucos meses atrás, em Abril ou Maio desta ano, aproximadamente, com o dólar na casa dos R$3,00, eu ainda apoiava o enxoval fora do Brasil em termos de custo x benefício. Porém, no segundo semestre de 2015, o dólar estourou, foi para quase R$4,00 e assim se mantém, dia após dia, o que fez com que eu abortasse a ideia de fazer o enxoval do Gabriel lá fora.

Colocando tudo na balança: passagem aérea +

hotel +

aluguel de carro +

comida para todos os dias +

as compras (por que se vai para valer a pena, precisa-se comprar bastante)

Todos esses itens, vezes quase R$4,00, me fizeram desistir.

Desistir da viagem foi uma coisa, desistir de fazer um lindo enxoval para meu bebê que está a caminho, foi outra. Desde então, venho buscando alternativas aqui, no Brasil e, além disso, como comprar um ou outro produto lá de fora, sem necessariamente precisar ir para fora.

compras eua

Foi assim que conheci uma alternativa que venho te apresentar agora: os redirecionadores de encomendas.

Eu pesquisei bastante no Google e conclui que, neste momento, uma das melhores empresas para enviar suas encomendas para você é a Box4world. Nas minhas pesquisas eu descobri que essa empresa é gerida por brasileiros, residentes dos Estados Unidos, que conhecem nossas leis e nossos impostos e com isso, fazem todo o possível para evitar taxarem as mercadorias enviadas por eles.

Você se cadastra neste site: www.box4world.com, em seguida, eles disponibilizam um endereço nos Estados Unidos para você, depois de você enviar alguns documentos para eles (para a confirmação do cadastro).

A  Box4world não realiza cobrança extra para consolidar seus pacotes, ou seja, eles recebem as várias encomendas que você enviar para lá e agrupam numa mesma caixa, sem nenhum custo extra;

Não cobram por embalagem a vácuo, ou seja, diminuem o volume das nossas compras, sem nenhum custo extra;

Armazenam nossas compras com até 60 dias sem nenhum custo extra;

Temos direito a pedir uma foto da mercadoria recebida por eles, sem nenhum custo extra;

O que a Box4world cobra são taxas de envio que funcionam da seguinte forma:

box 4 world

Os custos do site Box4world são essas que estão informadas na tabela acima. O frete é = a tarifa do correio dos Estados Unidos. Por que aqui tem outra informação importante: a melhor forma de despachar a mercadoria para evitar os impostos abusivos do Brasil é pelo correio. As empresas como FedexUPSDHL e outras, recolhem todos os impostos para despachar. Já os correios, despacham e fica a critério da nossa alfândega recolher ou não recolher os impostos.

Lendo as dicas de sites que ensinam o passo a passo para EVITAR que os pacotes sejam tarifados, eu soube que uma das formas possíveis é importar em momentos de maior congestionamento dos correios brasileiro, ou seja, feriados e datas comemorativas como, por exemplo, o Natal.

Veja aqui mais dicas para evitar ser taxado na alfândega: Como-evitar-que-sua-mercadoria-importada-seja-taxada

Fiz uma simulação do valor para que você possa ter ideia de quanto sai o valor final para receber a mercadoria comprada nos Estados Unidos, aqui no Brasil. Essa simulação foi feita com o primeiro pacote que eles oferecem, ou seja, uma encomenda de até 4 libras que equivale a 1,8 kg:

box 4 world

Muitas pessoas usam essa alternativa para importação de diversos produtos, inclusive com o intuito de revenda.

Por isso, existem muitas dicas para você tomar cuidado e evitar ser confundido no momento em que seu pacote é aberto pela alfândega. Por exemplo: não trazer muitos produtos parecidos na mesma caixa como uns 10 macacões de bebê juntos, ao mesmo tempo. É sempre bom mesclar as mercadorias e evitar produtos de valores muito altos.

Outra empresa bem elogiada neste ramo foi a Shipito, a crítica que vi de pessoas que já utilizaram o Shipito e passaram a utilizar o Box4world foi com relação aos valores cobrados e não por problemas com as mercadorias.

Box4world envia um endereço, inclusive com um telefone dos Estados Unidos (por que muitos sites americanos pedem todas as informações).

Quando você compra algo, eles pesam e enviam uma foto do produto na balança para que você veja o peso.

Quem declara os itens e os valores é o próprio cliente. Além disso, você tem a opção de pedir que tire ou não nas caixas originais, que tirem as etiquetas (caso você não vá revender o produto), etc…

Os pagamentos para a empresa Box4world são efetuados por cartão de crédito internacional e o envio é bem rápido. Eles pedem até 02 dias úteis, mas a maioria dos clientes declaram que a encomenda foi despachada no mesmo dia em que eles solicitaram o envio.

Enxoval de Paula Rousseff comprado nos EUA? Pode isso Arnaldo?

A filha da nossa querida presidente Dilma Rousseff, Paula Rousseff, está grávida de 12 semanas, do seu segundo filho.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, Paula Rousseff acompanhou sua mãe, presidente Dilma, durante sua visita nos Estados Unidos e, ainda segundo a Folha de São Paulo, fez “algumas” compras para o bebê.

Poxa vida! Fico me perguntando a quantidade de “compras”, se estas se enquadrariam em 02 malas de, no máximo, 32 kg cada. Sem exceder os US$500,00, passando na alfândega no retorno…

Além disso, fico imaginando por quê seria necessário a filhinha da nossa querida presidente efetuar compras de enxoval nos Estados Unidos já que, conforme o próprio discurso de sua mamãe, precisamos incentivar o consumo interno e temos muitos produtos bons e com preços justos (principalmente considerandos os impostos) aqui no nosso país.

Querida filha da nossa querida presidente, Sra. Paula Rousseff, infelizmente, no meu ponto de vista, o exemplo vem de cima… Se a mamãe diz que o melhor é comprar internamente, a senhora precisaria nos dar o exemplo ao invés de se esparramar no conforto e comodidade de ser filhinha de mamãe!

Muitos Beijos!!!