INDICAÇÃO DE 06 RESTAURANTES EM ROMA:

ROMA ITÁLIA:

1º RESTAURANTE: Hostaria Da Vincenzo – Endereço no link.

PONTOS FORTES: rápido atendimento.

COMIDA: Gostosa.

PONTOS FRACOS: não tenho nada a destacar.

Tudo o que comemos, quando eu digo no plural, estou falando por um grupo de 9 adultos e 3 crianças! Todos elogiaram a comida!

Para os meninos, pedimos macarrão pene ao molho de tomate. Mais simples, impossível!

Já eu e o Fernando comemos um risoto de frutos do mar que estava simplesmente divino!

Média de valores dos pratos: $12 Euros.

2º RESTAURANTE: Al forno della soffitta – Endereço no link

PONTOS FORTES: Pizzaria diferenciada. Pizza muito gostosa.

COMIDA: Deliciosa.

PONTOS FRACOS: As facas! Rsrsrsrs… só!

Uma das pizza, acho que estou sendo injusta! A pizza mais deliciosa que comi durante toda a viagem. Não lembro de nenhuma outra ter superado esta. Fomos nesse restaurante por indicação de um dos funcionários do hotel em que estávamos hospedados. Estou falando sobre cada hotel dessa viagem, nesse post: *********************** EM BREVE

A única reclamação que eu tenho sobre a pizzaria é com relação as facas. Sim, estou torcendo para que, na sua visita, eles já tenham trocados essas facas. Tentei 4 delas, sem brincadeira, desisti. Comi na mão. Como pode uma pizza tão deliciosa e não conseguimos comer por não conseguir cortar. Eu hein, logo resolvi esse problema! Rsrsrsrsrsrsrs…

Média de valores das pizzas: $16 Euros. Não são baratas não. Nos demais restaurantes, as pizzas costumavam ser muito mais baratas, $7, $8 euros. Mas o sabor é incomparável!

3º RESTAURANTE: Taberna Piscinula

PONTOS FORTES: a localização e a beleza do local.

COMIDA: “Nada demais”. Não é ruim, mas não é incrível.

PONTOS FRACOS: Atendimento.

O que tem de melhor no restaurante, na minha opinião, é a localização. O bairro Trastevere realmente me encantou. Muito charmoso e cheio de restaurantes.

Comemos massa e carne de porco (bisteca) lá. Nada demais a comida. Normal, comum, nada que mereça destaque, entende?

O serviço eu achei fraco. Morrendo de sede, pedi a água umas 3 vezes até que eu conseguisse que ela chegasse à mesa. A turma que estava comigo pediu vinho, cerveja… tudo estava na mesa, nossa água não vinha.

O wi-fi também é para não ser utilizado (risos). Apesar de repetirem várias vezes e até pegar o celular para digitarem, não houve quem conseguisse colocar a rede wi-fi nos celulares. Nas mesas ao redor, a mesma reclamação!

A massa era bem “ao dente”, ao molho de tomate, simples. O valor do prato: $11 euros.

A bisteca era pura e simplesmente a bisteca. $16 euros o prato.

Pra variar, eu sempre esquecendo de fotografar a tempo! Rsrsrsrsrs

Resultado de imagem para taberna piscinula photos

4º RESTAURANTE: Al forno della soffitta – Endereço no link

No dia em que estivemos lá, pedimos 2 pizzas grandes para nós 4. Fizemos esse pedido por que eles sugerem a pizza pelo número de pessoas. Acontece que na Itália, uma pizza para 1 pessoa é BEM GRANDE!

Como foi nosso primeiro contato com uma pizza italiana, aceitamos a sugestão e acabou sobrando MUITA PIZZA. O que não foi nenhum problema por que no dia seguinte, a noite, nós estávamos bem cansados para sair para jantar e as pizzas ainda estavam deliciosas! Comemos no hotel :

O hotel foi super solícito com nossa opção de refeição por lá. Eu comento todos os detalhes de cada hotel em que nos hospedamos no post: ************************************************* hotel – EM BREVE

5º RESTAURANTE: Melograno Pizza Gelati – Endereço: Via della Conciliazione 41, 00193 Roma Itália

Saímos da Basílica São Pedro, depois de uma linda visita pelo museu do Vaticano, Capela Sistina, Cúpula da Basílica…Voltaríamos para Roma para dar continuidade no nosso Tour; sem querer perder muito tempo comendo, nossos amigos pegaram um lanche numa lanchonete ao lado para comer na rua mesmo e seguir o passeio. Assim, Fernando e eu, pensando nas crianças (que não comem lanche por não gostarem), achamos por bem procurar algo que conseguíssemos comer juntos. Achamos massa nesse restaurante e pedimos “para viagem”. Comemos sentados na calçada (como mostro no meu vlog desse dia do Vaticano (*****************************Vlog EM BREVE)

Por comer dessa forma, não tenho a menor condição de avaliar o serviço deles. A comida, eu posso dizer que não é nada demais. É “comível” se é que existe essa palavra, risos. Não é saborosa, é somente “ok”.

Esse seria um restaurante que eu diria para você: “Procure um mais gostoso” por que você não pagará muito mais barato por essa comida “ok”. Ele seguiu a média de preço dos pratos da região. Se não me engano, pagamos $7 euros por um macarrão ao molho pesto “gostosinho”, nada de mais!

Resultado de imagem para Melograno via della conciliazione

6º RESTAURANTE: Roma Beer Company – Endereço: Piazza Campo de’ Fiori 36, Roma, Itália.

Esse restaurante fica numa região turística, numa quadra cheia de restaurantes e música ao vivo. Além de muito charmosa.

O valor de todos por ali são mais ou menos equivalentes, escolhemos pelo cardápio e pela simpatia dos funcionários! Sim, eles ficam na porta dos restaurantes tentando colocar os clientes para dentro e para isso, oference “mimos”, então meu conselho, negocie!

Como estávamos num grupo de 09 adultos, a maioria oferecia uma rodada de alguma bebida “for free”, de presente! Ganhamos um brinde de Champagne!

PONTOS POSITIVOS: A comida, uma delícia! Nós pedimos nhoque ao molho 04 queijos, que estava muito gostoso e um risoto de cogumelos que estava divino. As porções de comida são bem servidas e o serviço é impecável.

PONTOS NEGATIVOS: Os valores! Como eu falei, por ser numa região completamente turística, os valores dos restaurantes são um pouco maiores do que nos outros lugares. Apesar de que, em vários lugares mais turísticos, encontrarmos valores próximos aos restaurantes dessa região.

E com esse restaurante encerramos nossa estadia na cidade de Roma. Demos continuidade nesse tour pela Europa e mostro em detalhes aqui no blog, inclusive com vídeos de vlogs e dicas. Te convido a inscrever-se para receber as novidades!!!

Conto sempre sobre minhas viagens aqui, procuro trazer as dicas dos lugares por onde passo e como evitar os perrengues relatando todas as “furadas” das minhas viagens! Até o próximo post!

Muitos Beijos!!!

DIÁRIO DE VIAGEM (#4) – VATICANO

Nossa visita ao menor país do mundo! Foi tão bacana conhecer o Vaticano e vivenciar toda a sua soberania e importância como sede da igreja católica. Um país totalmente murado, dentro da cidade de Roma, Vaticano tem uma população de 1000 habitantes.

Foi um prazer gigantesco conhecê-la:

Nossa visita teve início diretamente pelo Museu do Vaticano:

Essa visita foi guiada, contratamos um guia em português e tenho que confessar que faz muita diferença na visita. O guia nos conduziu para as obras mais relevantes e nos explicou detalhes de cada ala, obra, curiosidades, história, enfim… Muita riqueza de detalhes e muita informação.

As pinturas nos tetos são irresistíveis. Eu não cansava de admirar. Pensa numa perfeição a ponto de parecer escultura quando são pinturas tridimensionais com profundidade e detalhes que nos intrigam de tão perfeitos.

Uma coisa que me deixou boquiaberta foi quando o guia explicou que no Vaticano: “Tudo o que reluz É OURO!” Sim, é ouro, como pode! Ostentação seria a definição? Me questiono por aqui…

O museu é lindo e cheio de obras muito interessantes, porém o teto me chamava demais a atenção a cada passo que eu dava.

Quase saí com torcicolo de tanto olhar pra cima. kkkkkkkkkkkkkkk

Lindo demais! É o resumo da minha visita pelo museu.

Depois do Museu do Vaticano, conhecemos a IMPONENTE e MARAVILHOSA Basílica de São Pedro.

E de tão linda, o que eu fiz???? Foto, foto, foto, foto e mais foto!!! Mostrei a basílica e a nossa subida na cúpula no vlog que deixo disponível para você no final desse post!

Pietá – Basílica de São Pedro

Sobre a mais famosa escultura da Basílica de São Pedro: Pietá. Famosa por ser do artista Michelangelo.

Exploramos a basílica! Rs… Tiramos muuuuitas fotos por lá. É linda demais, uma altura e um espaço interno de deixar-nos de queixo caído.

Infelizmente, não podemos tirar fotos nem filmar dentro da Capela Sistina. O que posso dizer é que foi muito legal conhecê-la e que lamento muito não poder registrar esse momento. Mas valeu! Deixo aqui, algumas imagens da internet:

Resultado de imagem para capela sistina
(Imagem divulgação) Sim, existem inúmeras imagens da Capela Sistina na internet, então sim, essa também era a minha pergunta: “por que não pode tirar fotos?” Continuo sem resposta!
Resultado de imagem para capela sistina
Resultado de imagem para capela sistina

Quem é que entra lá e não fica procurando essa imagem????

Resultado de imagem para capela sistina
Resultado de imagem para capela sistina

Menor do que na minha imaginação, porém tão linda como imaginei, nossa visita não é essa perfeição das imagens acima por que ela fica MUITO LOTADA!!! Só que podemos sim passar o tempo que desejarmos lá dentro. Claro que fiz meus agradecimentos como conto em um dos vlogs no qual saio de uma das várias igrejas que visitei!

Depois de explorar o lado interior da Basílica de São Pedro, tivemos o prazer de apreciar a vista da cúpula dela. Subimos os seus 320 degraus, nos entortando e encolhendo no final da subida (por que fica bem apertado, como mostro no vídeo do vlog, no final desse post), mas a vista faz valer a pena!!!

De lá de cima, temos uma visão privilegiada do redor do Vaticano:

Praça São Pedro

Essa foi a minha visão de uma dos lados da Basílica. E que visão, achei maravilhosa a vista de lá.

O que me chamou a atenção foi o guia explicar que a Basílica é o mais alto edifício da região por que a igreja católica assim determinou “e como os romanos são bastante romanos são bastante religiosos, a decisão foi respeitada” (palavras do guia). Por essa razão, vemos toda a cidade lá de cima!

Essa foi a minha visão do outro lado. Tirei poucas fotos mas a vista era realmente lindíssima nos seus 360º.

Depois de descermos da cúpula, passeamos pela Praça São Pedro.

Saímos da Praça São Pedro rumo à Roma. Ainda tínhamos planos de voltar no Coliseu (mostrei todos os detalhes do nosso dia no Coliseu, nesse post: http://milenaloguercio.com.br/diario-de-viagem-3-coliseu/ . Eu queria muito voltar lá por que deixei de tirar foto num ponto dele (por falta de tempo) onde acredito ser o ponto mais bacana para fotos.

Como eu queria muito voltar lá e durante qualquer viagem “o tempo urge”, almoçamos na calçada, no Vaticano. Literalmente, rsrsrsrsrsrsrs… O pessoal comprou um lanche para comer rapidamente, em um lanchonete que fica nessa espécie de corredor que vai da Praça São Pedro até a ponte mais próxima para Roma. Porém, eu quis um macarrão (espaguete) ao molho pesto. Como estavam todos na rua, não sentei no restaurante para comer, comi na calçada mesmo. Essa cena está tanto no meu vlog (no final do post) como nos meus “perrengues de viagem”, rsrsrsrsrsrsrs… Vale dizer que o macarrão estava gostoso e que estou fazendo post sobre os diversos restaurante em que comemos nessa viagem!

Castelo de Sant’ Angelo

Ao retornar em Roma, fomos de novo para o encantador Coliseu:

Era aqui, nesse ponto, que eu queria tirar foto e não consegui no dia em que o visitamos, por que a Guia era bem acelerada, e não tiramos a foto na nossa chegada. Por essa razão, eu quis voltar no dia seguinte para ter essa visão dele! Tão lindo como nos filmes e seriados!

Acabamos “gastando” o Coliseu também com tantas fotos que tiramos!!!

Depois de esgotar toda a minha vontade de fotos do Coliseu, voltamos para o hotel (estou falando sobre os hotéis por onde nos hospedamos nessa viagem num post específico sobre os hotéis); nos arrumamos e saímos para viver a noite Romana!

Apesar do dia estar claro ainda, já passava das 20:00h!

Escolhemos jantar no Campo de’ Fiori , um local completamente turístico e cheio de restaurantes lindinhos. Jantamos num deles e foi muito gostoso por sinal!

Além do ambiente gostoso, a comida estava deliciosa. Fez jus à nossa despedida de Roma. Estou falando sobre nossas escolha dos restaurantes, as comidas e custos, num post sobre os diversos restaurante em que comemos nessa viagem!

Acredito que já possa chamar de “série”: as fotos que não deram certo, mas amei! Rs

Pois é, a foto está tremida, mas retrata um momento delicioso que estávamos vivendo e que eu quero deixar registrado aqui no blog!

Foi nesse restaurante a nossa despedida da cidade de Roma que por sinal eu AMEI MUITO conhecer!

O vlog com os detalhes desse dia está lindo! Eu te convido a assisti-lo:

Muitos Beijos!!!