O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA VIAJAR DE AVIÃO COM BEBÊS E CRIANÇAS

Falei sobre esse assunto no meu canal do Youtube há um tempo atrás, mas acho que é um assunto tão relevante que decidi trazer para o blog todos os detalhes!

DOCUMENTAÇÃO:

– PASSAPORTE

– VISTO

– PASSAGEM AÉREA

As viagens que fiz até hoje com meus filhos foram, coincidentemente, para os Estados Unidos. Assim, acho importante dizer que desde bebê você precisará de passaporte e visto para entrar em USA.

Sobre a passagem aérea, mesmo que seu filho tenha menos de 02 anos e viajará no colo, é preciso comprar a passagem aérea que custa menos do que uma passagem regular e nos dá o direito de leva-los no nosso colo. Se você preferir é possível comprar um assento para o bebê e leva-lo naqueles “bebê conforto” que usamos no carro nos primeiros meses, sabe!

Até hoje eu contei com a sorte e quando o voo não está tão cheio eu consigo coloca-lo deitado numa poltrona ao lado!

ALIMENTAÇÃO:

A “tarifa colo” que pagamos, dá direito ao bebê receber uma refeição como a nossa; caso seu bebê ainda não coma comida como a sua (de adulto), você pode sim levar a comida dele na sua bagagem de mão.

Aliás, acho importante citar que para os bebês você não encontrará muita restrição do que pode levar com você na aeronave. Até líquidos, como garrafa d’água que com adultos não entra de forma alguma, quando estamos com bebês, mesmo que passem por uma análise do conteúdo eles permitem que você leve com você.

Passei por uma situação assim, eu já tinha até desistido de levar a água comigo e falei para a funcionária do aeroporto: “Pode dispensar”. Na minha cabeça, eu compraria outra lá dentro e não teria problema algum. Mas não, ela analisou e me devolveu a água.

Então LEVE SIM a alimentação que costuma dar para seu bebê.

PRODUTOS PARA FACILITAR A VIAGEM:

– SORO FISIOLÓGICO

– MANTEIGA DE CACAU

– CREME HIDRATANTE

– JAQUETAS E COBERTORES “EXTRA”

Soro fisiológico, hidratante corporal e manteiga de cacau são sempre meus aliados por que sempre que fico muitas horas dentro do avião com aquele ar condicionado “viciado” sinto ressecar tudo: pele, olhos, boca, nariz… Assim, procuro pingar o soro no nariz dos meus filhos, proteger a boca com manteiga de cacau e hidratar a pele durante o voo para diminuir esses efeitos do ar.

As jaquetas e cobertores “extra” que eu digo são por que o avião já te arrumará cobertores e travesseiros, mas com crianças, arrumamos “cama” em qualquer lugar, até nas mesinhas das poltronas, assim, tudo que temos para aumentar o conforto deles é válido!

Vou deixar alguns vídeos sobre esse assunto que fiz pra meu canal por que sempre tem informações extras que são válidas quando falamos em viajar longas horas com bebês e crianças!

Nesse primeiro vídeo eu explico algumas coisas que estão escritas acima e conto sobre uma experiência de uma mãe que não levou a papinha para seu bebê e não conseguiu nada específico para ele comer dentro do avião. Até eu que não os conhecia fiquei chateada:

No vídeo abaixo eu mostro uma viagem de avião de 17 horas que fiz somente eu e meu bebê quando ele estava com 10 meses:

A viagem de retorno somente eu e o bebê e o reencontro com o meu filho mais velho:

Por último, essa nossa viagem para Los Angeles em família:

O que eu considero de mais bacana das dicas desse vlog foi o “Know How” que somente alguns perrengues de viagem de avião podem te trazer! rsrsrsrsrsrsrs…

Sim, por que viajar de forma “econômica” no avião já é uma tarefa que nos oferece bastante desconforto. Imagina viajar de forma “econômica” com filhos? Onde você paga a tarifa colo para o bebê cuja tarifa significa o mesmo que = mais caro e muito menos confortável.

Assim, montamos uma cama com as mesinhas da poltrona e o uso de cobertores, mochilas e jaquetas que nos ajudaram a sustentar os filhos mais tempo deitados!

 Muitos Beijos!!!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *