VOCÊ ESTÁ ENJOANDO MUITO? ENTÃO, TENTE MAIS ISSO!

Muitas mulheres sentem náuseas no início da gravidez, e este desconforto é sentido, normalmente, ao acordar, mas, em alguns caso (I’m so sorry, rsrsrsrs), pode ocorrer no decorrer de todo o dia.

Esse desconforto é causado pela própria mudança do corpo e quantidade de hormônios que a gravidez produz. Pensando e “tentar” amenizar um pouquinho o possível sofrimento de vocês, nesta fase que para algumas mulheres fica bem difícil de suportar, hoje eu venho sugerir alguns itens que “podem” diminuir a náusea (enjôos), alguns você pode até já ter tentando, outros não. Acredito que, neste momento, o que disserem que ALIVIA e NÃO faz mal para o bebê, é uma tentativa válida, então, vai fundo:

GENGIBRE:

Há muito tempo ele tem sido utilizado para alívio de problemas estomacais.

Para quem ama gengibre: “Muito prazer”, é o meu caso! Rs. Você pode acrescentá-lo na sua alimentação cru, fica bem fácil, por que é uma delícia no peixe ou na salada.

Outro jeito que eu gosto muito também, é o chá do gengibre com limão, daí você pode colocar um pouquinho de mel para adoçar!

Por coincidência, eu estive na Zona Cerealista de São Paulo, e descobri que tem um “extrato de gengibre”, ou seja, você consegue também compra-lo como “tempero”, e aí pode utilizar de uma forma muito prática! Eu não comprei não, e desculpem a minha ignorância, eu nem sabia que existia “gengibre em pó”, mas deve ser interessante utiliza-lo dessa maneira também!

Eu somente sugiro que antes de consumir o gengibre, pergunte para seu médico se este alimento não oferece qualquer risco para a sua saúde ou do bebê. É sempre importante o “aval” do médico!

LIMÃO:

É um dos campeões de votação no quesito “calmante de enjoos de mulheres grávidas” Rs

Muitas e muitas mulheres costumam declarar que o sabor “azedo” acalma enjoos. Algumas mulheres não dizem que utilizavam o “limão” em si”, mas “qualquer fruta cítrica”. Então, vá trocando, até o momento em que você achar uma que se adapte legal ao seu organismo e dê uma melhorada nos enjoos.

Se você é dessas, que como eu, tem uma dificuldade imensa com “azedos” em geral, coloque algumas gotas de limão num copo d’água e tome, também pode ser que te ajude.

VITAMINA B6

Sim, elas ajudam, mas, é importante que você fale sobre isso com seu médico, assim, além de indicarem se é o seu caso, podem prescrever a quantidade correta.

BEBIDAS COM EFEITO POSITIVO:

Para as grávidas que chegam a vomitar de fato, a desidratação, pode ser um agravante. Então, manter-se hidratada é algo importante e que não pode ser negligenciado.

Se estiver muito difícil para ingerir a quantidade de “ÁGUA” satisfatória, procure pingas umas gotinhas de limão, tomar o chá de gengibre comentado acima ou até mesmo outros tipos de chás, por exemplo, camomila.

Talvez as bebidas “quentes” lhe caiam melhores do que um “senhor copo de água gelada”, varie, explore, tente!

O que você precisa de fato EVITAR, são bebidas que contenham cafeína, pois, além de não ser bom para o bebê, costumam piorar ainda mais os enjoos.

OUTRAS MANOBRAS PARA ESPANTAR OS ENJOOS:

Algumas mulheres têm apelado para acupuntura ou acupressão (um tipo de massagem derivada da acupuntura) para lidar com os enjoos.

Existe também, uma pulseira de acupressão cuja promessa é justamente aliviar os “queridos” enjoos. Ela pressiona continuamente o ponto P6 do corpo que “estabiliza”  os enjoos.

217481_194393080602477_7432242_n

Essa pulseira ainda está em discussão, existem estudos dizendo que o enjoo foi reduzido além de 70% das mulheres que a utilizaram terem relatado menos ansiedade, depressão e hostilidade em comparação às que não utilizaram. Porém, existem estudos que rebatem esses dados, dizendo ser placebo. Minha opinião pessoal, se você me permite é de que, não importa se é placebo ou não, o fato é, que quem sofre com o enjoo é você, a pulseira é natural e se o placebo funcionar para você FECHOU! LINDO! ÓTIMO! PERFEITO! O que não é nada bacana é passar mal diariamente pelos 03 mais longos meses da sua vida; por que é exatamente a sensação da pessoa que sente esses desconfortáveis enjoos; de que são os meses mais longos já vividos!

A única má notícia, é onde encontrar. Até hoje não a vi aqui no Brasil. Se por acaso, você que ler este post, encontrar em algum lugar aqui do Brasil, ajude outras grávidas a aliviarem o seu sofrimento, nos conte onde achou! Enquanto isso não acontece, posso indicar a página do Facebook onde você possa se informar se eles “enviam para o Brasil”: https://www.facebook.com/seaband

OUTRAS MANEIRAS DE MELHORAR ESSE DIFÍCIL DESCONFORTO:

Não deixe o seu estômago 100% vazio. Desde o momento em que você abrir os olhos, procure ingerir algo. Essa é uma estratégia que funcionou bastante comigo. Eu já dormia com um pacotinho de “Club Social”, sabe? Aquela bolachinha estilo “água e sal”? E eu já acordava comendo. Sei que pode parecer até um pouco nojento, mas eu só escovava os dentes depois de comer pelo menos 01 bolacha daquela. Escovar os dentes antes de comer qualquer coisa, era uma “missão quase impossível”, então, faça esse teste também e me conte!

Se o seu enjoo acompanha você ao longo do dia, estenda essa estratégia, acredito que possa ter o mesmo princípio “estômago vazio”, procure deixar ele sempre com alguma coisinha para se distrair! Rs

Não faça refeições PESADAS CONCENTRADAMENTE, consegue entender o que estou tentando dizer? Melhor você comer menos e muuuitas vezes no dia do que concentrar as refeições e ficar passando mal depois.

Olha, não sei se tem mulheres que aproveitam para dar uma “abusadinha” da situação, mas o relato de náusea associado ao ambiente “cozinha” e a ação de “cozinhar” aumenta durante a gravidez! Muitas mulheres dizem que tem dificuldades em preparar a comida no início da gravidez: talvez os cheiros, o calor do ambiente, “a folguinha”, ahahahah, seja o que for, e estou brincando quando digo “folguinha”, é somente para descontrair mesmo, por que só quem sente a náusea sabe o quão ruim é insistir naquilo que a agrava.

Alguns alimentos são campeões de votos no quesito “provocadores de náusea e enjoo”, são eles: alimentos picantes, gordurosos, frituras. Então, procure evitar!

Alguns perfumes ou cheiros também podem servir de gatilho para esse mal estar, investigue, e se for isso mesmo, suma com eles! No meu caso, o óleo para evitar estrias que eu usava no início tinha esse poder de me fazer sentir mal, dei para uma amiga e comprei um “SEM PERFUME”, foi a melhor coisa que fiz EM TODA A MINHA VIDA. Mentira! kkkkkkkk… Foi somente UMA das melhores coisas! kkkkkkkkkk

QUANDO CONSULTAR O MÉDICO?

SEMPRE!

Assim, não quero dizer que você tem que “enjoar e ligar, enjoar e mandar whattsap, enjoar e mandar e-mail, enjoar e ligar de novo”. CALMA, não é isso, senão, a secretária do seu médico vai acabar te dando um telefonema e avisar que as consultas dele acabaram de sofrer um aumento de 100%. kkkkkkkkk

O que quero dizer é que é sempre válido, nas suas consultas de pré-natal, deixar seu médico ciente do que está acontecendo, até mesmo para que ele acompanhe se o seu peso está adequado, se você não está com nenhuma desidratação ou deficiência de vitaminas, por exemplo, ou até mesmo, para que ele tenha maior atenção ao desenvolvimento do bebê.

Por mais que os enjoos sejam considerados comuns na gravidez, suas consultas servem para isso. O médico precisa estar ciente de tudo.

Se este post foi útil para você, só tenho 01 coisa a te desejar neste momento amiga: MELHORAS!

Muitos Beijos!!!