SEGUNDO MÊS – O que eu posso esperar?

mes 2  No segundo mês, você mal consegue manter os olhos abertos, chega a ter a sensação de que poderia dormir umas 20 horas por dia! Então, tente se programar para dormir um pouco mais, tente otimizar o seu horário de almoço, assim, você consegue dar uma cochilada rápida até o retorno ao trabalho, só não se esqueça de programar o alarme no seu celular!

Se você é dessas grávidas que enjoam, neste momento da gravidez, você pode não estar achando tanta graça, algumas grávidas passam tão mal que chegam a se questionar como é possível as mulheres gostarem de “estar grávida”. Para aliviar este momento, algumas mulheres declaram que alguns alimentos ajudam amenizar um pouco esses enjoos como limão ou frutas cítricas em geral, picolé de frutas (pelo gelo), gengibre, bom, tem uma infinidade de sugestões quando o assunto é enjoo, encontre uma que sirva para você e nos conte, assim você pode ajudar outras gravidinhas a amenizar o seu sofrimento. No meu caso, particularmente, o grande segredo era não manter o estômago vazio, assim, antes de qualquer coisa, quando eu acordava, comia uma bolacha água e sal, era o suficiente!

Além dessa super experiência com enjôos, neste período da gravidez, você pode conhecer a grande LUTA CONTRA O MAU HUMOR que muitas mulheres denominam como TPM no seu dia a dia! Pois é, infelizmente ou felizmente, eu não conhecia o que era essa alternância de humor até a minha gravidez, acreditava até que algumas mulheres exageravam quando diziam que estava explodindo por conta da TPM, mas paguei a língua bonito, no início da minha gravidez, meu humor oscilou bastante. A boa notícia foi que depois melhorou!

Nesta fase também, você pode ter um aumento de sensibilidade nos seios, é natural e esperado.

E não há nada com o maior poder de transformar uma mulher em hipocondríaca como a GRAVIDEZ, assim, esteja preparada para interpretar cada dor. Não necessariamente elas indicam que há algo de errado com sua gravidez. Consulte sempre seu médico(a) sim, mas, não precisa se desesperar. A minha médica, uma querida, sempre me dizia: “Milena, dores que passam sozinhas, ou até mesmo com um Buscopan, não necessitam de maiores preocupações”. Mas, em contrapartida, nossos médicos(as), estão hiper acostumados a lidar com futuras mamães “neuróticas”, então, não hesite em consulta-los!

Uma dica da Milena: Aproveite mais do seu parceiro nessa fase! Aos poucos, vai delegando mais funções a ele. Lembre-se: agora você carrega um bebê, não se sobrecarregue!

Muitos Beijos!