GRÁVIDA! CUIDADO COM A DENGUE

Aqui em São Paulo, estamos atualmente com o maior índice de pessoas infectadas com a dengue na história, passamos de 250 mil pessoas, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), mas nas outras regiões do Brasil o assunto não deixa de ser preocupante.

Segundo a Revista São Paulo, da Folha de São Paulo, houveram casos com grávidas que, pelo fato da gestante estar em zona não considerada de risco, o médico não identificou a dengue prontamente, confundindo com virose. Este fato me acendeu o alerta de trazer a notícia para vocês!

Quando a gestante contrai dengue, a chance de transmissão para o feto é pequena, porém, os riscos para a gravidez são bem altos. O sistema imunológico da gestante é frágil, por isso, tem risco de queda de pressão e, no primeiro trimestre de gestação, o risco do aborto cresce bastante. Já no terceiro trimestre, há risco de parto prematuro.

Em contrapartida, ainda há muita discussão no uso do repelente para gestante. Não é qualquer um que é indicado pelos médicos, seria até bastante importante que você conversasse com seu médico sobre este assunto, na próxima consulta. Talvez questionar sobre a possibilidade de utilização do repelente natural, veja como fazer neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=o_98GP4XAWI

Segundo a Revista Folha São Paulo, a melhor forma de proteção ainda é a prevenção, ou seja, não permitirmos que o mosquito procrie.

Sintomas:

Febre alta

Dor de Cabeça e em torno dos olhos

Dor muscular e nas articulações

Outros possíveis sintomas: Tremores, diarreia, enjoo, perda de apetite, mudanças no paladar, sensibilidade ao toque, vômitos, manchas vermelha na pele.

PREVINA-SE:

Não acumule água em latas, baldes, potes, nada. Todos precisam estar virados de boca para baixo.

Pneus precisam ser guardados em locais cobertos.

As caixas d’água precisam estar tampadas.

As piscinas precisam ser cobertas ou tratadas com cloro

Vasos e pratinhos para plantas precisam conter areia.

Caso você sinta a combinação de algum desses sintomas e esteja grávida, vá para o hospital e não saia de lá até que os médico façam exame para detectar se a sua quantidade de plaquetas está normal ou caindo.

Não tome nenhum medicamento por conta própria, temos 02 agravantes nesse caso: Gravidez e Dengue.

Se cuide!

Muitos Beijos!!!