A IMPORTÂNCIA DA ROTINA PARA A CRIANÇA

Este assunto é um tanto embaraçoso! Primeiro por que para nós “adultos”, sempre estamos falando em “sair da rotina”, “quebrar a rotina”, “fazer coisas diferentes é bom”, etc, etc, etc…

Porém, quando falamos das crianças, temos que implantar rotina e fazer com que elas sigam. O que eu confesso ser bem difícil para mim, até hoje! Não, não que o Felipe seja uma criança que não tenha os horários de comer, de escovar os dentes, de tomar o banho, de dormir… não é isso! Ele tem sim, mas digo uma rotina completa, incluindo os horários de atividades extras ou em que desligamos a televisão e colocamos outros tipos de brincadeiras para eles… “nos desligamos” e ficamos a disposição para interagir com eles…

Tem horas, que como toda mãe, me cobro de “algumas falhas” nessa rotina, mas o mais importante é termos a consciência de onde é que estamos falhando e tentar corrigir, sempre! Por que a vida é isso, um ajuste diário, não estamos prontos, estamos aprendendo diariamente, por isso, se você ainda não consegue ter uma rotina que considera bacana, não se condene, você pode reajusta-la, aos poucos.

adulto3,1

E por que os especialistas consideram tão importante essa questão?

Você já teve a oportunidade de assistir uma aula numa pré-escola? Juro! É admirável! Muitas vezes passa na minha cabeça assim: “olha que lindo! como tudo funciona redondinho!”

Isso acontece por que NÃO TEM SURPRESAS para as crianças NA ESCOLA. Está tudo programado, planejado; ela já tem o conhecimento do que acontecerá, é só executar. Desde a entrada, até o horário da saída, eles sabem o que vai e COMO vai acontecer.

Implantar a rotina é trabalhoso, SIM, MUITO, mas, uma vez que você o fez, o trabalho não é mais seu, por que ambos já têm o conhecimento do que vai acontecer e, muitas vezes, a criança já começa a dar conta de suas tarefas sozinha, sem ajuda, por que já aprendeu que é assim que funciona.

Agora os cuidados:

Também não podemos tratar a ROTINA como uma máquina padrão, sabe? Precisamos dar a possibilidade de “quebras” e “reajustes”, quando necessário. Por que a criança também não crescer com a ideia de que vive num mundo completamente controlado e que tudo sairá como planejado, quando isso acontece, ela pode ter dificuldades de vivenciar o “novo”. Outra preocupação que existe com aquela ROTINA 100% corretinha é com relação ao excesso de atividade para a criança. Entre colegas, costumamos chamar de mini-adultos aquelas crianças que parecem viver em função da agenda, sabe?

– 8:00h café da manhã

– 8:30h escovar os dentes

– 8:40h às 9:30h brincar no parque

– 10:00h natação

– 11:00h futebol ou balé

– 12:00h almoço

 – 12:30h Escola

 – 17:00h saída da escola (depois de toooda a rotina interna)

– 18:00h judô, inglês, aula de música…

 – 19:30h jantar

  – 20:00h banho

 – 20:30h cama

adulto

Sabe aquela estória dos extremos?

ROTINA 100% = Dificuldade em lidar com o inesperado, com as surpresas do dia a dia.

FALTA DE ROTINA 100% = Difuculdade de adaptação.

adultobrincar 1

Por isso, é bacana implantar uma rotina e ser flexível nos momentos em que ela precisa ser quebrada! E saber que BRINCAR, BRINCAR, BRINCAR e BRINCAR é muito importante para a criança!

Muitos Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *