08 CONSIDERAÇÕES SOBRE O BEBÊ RECÉM-NASCIDO

A CABEÇA DO BEBÊ

Vou começar pelo formato da cabeça de um bebê recém-nascido de parto normal, por que na minha vez, meu marido chegou a comentar que ficou preocupado quando viu a cabeça do Felipe! ahahahahahah… Foi algo que ele não tinha lido em lugar nenhum, e quase não tivera contato com bebês de nascidos de parto normal, ou até mesmo, não reparara, até então!

Para que você também não se assuste com seu bebê, já vá ciente de que em alguns casos mais, em outros menos, mas, devido a passagem do bebê pelo canal estreito do parto, a cabeça tende a ter o formato de “cone”. Ainda brincamos, meu marido e eu, dizendo que talvez seja por isso que as maternidades colocam aquelas touquinhas! Fique tranquila, em poucos dias, ele será o lindo bebê que você imaginou e o seu ultrassom 4D te mostrou!

NÃO ESPERE OLHARES APAIXONADOS OU SORRISOS NESTE INÍCIO

Os movimentos do bebê em sua grande maioria, são reflexos. Nas primeiras 06 semanas do bebê, será como se você estivesse trabalhando para um chefe que só reclama. Ele só precisa das necessidades dele atendidas, não haverá maiores interações. Mas não se frustre. Este trabalho não será em vão, daqui a pouco seu bebê estará te recompensando com muitos VALIOSOS sorrisos. E mesmo sem uma demonstração assertiva, ele sente-se consolado a cada aconchego do pai ou da mãe, os laços afetivos já estão em construção sim!

ELE TE PERMITIRÁ SABER SE ESTÁ RECBENDO LEITE SUFICIENTE

Algumas mães ficam muito preocupadas com a quantidade de leite que seu bebê está mamando. no meu post sobre “Amamentação, uma reflexão sem flores”, conto exatamente sobre uma mãe que tinha muitas questões opostas à amamentação e uma delas se dava ao fato de não saber se o bebê estava sendo bem alimentado. Foi um caso trabalhado em consultório e essa mãe conseguiu se tranquilizar a medida em que entendeu que o peso do bebê, nos primeiros meses, é o principal fator de medição do “quão bem alimentado ele está”. Na primeira semana, o recém-nascido perde peso por conta da diminuição da quantidade de água no seu organismo. Porém, da segunda semana em diante, ele precisa ganhar peso. O médico irá acompanhar este progresso e é isso que determina que o leite está sendo o suficiente para o bebê.

Uma outra forma de “medir” a boa alimentação do recém-nascido é contar a quantidade de fraldas que se troca por dia. Se você estiver trocando de 05 fraldas para cima, já é uma marca de que ele está sendo bem alimentado. Claro que esta medição é CASEIRA, só para a mamãe se tranquilizar até sua próxima visita ao pediatra.

SIM, ELE FAZ BASTANTE COCÔ

Não há nada errado com isso! Não o compare ao nosso intestino. O bebê pode fazer cocô várias vezes no dia e não significa, necessariamente, que ele tenha algum problema.

PELE SECA É COMUM SIM

Inicialmente, eles nascem com a pele macia e sedosa. Pensa: ele ficou os 09 meses envolto por um líquido que contribuiu muito para essa maciez. Um belo dia, e bota BELO DIA nisso, ele resolve sair de lá e então passa a ter contato com ar e ar e ar e ar… só ar… nada mais de líquido? Tchau, tchau maciez. Não tem a necessidade de maiores preocupações. como você deve ter refletido, é esperado. Mas se isso tiver te incomodando, consulte o seu pediatra e pergunte se pode passar uma loção hipoalérgica sem fragrância. Eu gosto muito, e já fiz um post sobre isso, dos produtos da marca MUSTELA, caso você queira mais detalhes, o post chama: Série – O que comprar, o que não comprar “Higiene”.

VOCÊ NÃO PRECISA SE ESCONDER EM CASA

Com o velho e bom senso, você pode levar uma vida normal. Tome cuidado com os ambientes públicos, não tem necessidade de ir para um aniversário infantil ou espaços fechados, por exemplo. Também é muito importante evitar o sol e PESSOAS DOENTES.

Você pode ensinar os irmãos ou priminhos mais velhos a tocarem seus pés, por exemplo, ao invés das mãos ou rosto. Isso pode evitar desde um resfriado até muitas outras infecções. E eles podem ser bons aliados na chegada de visitas, quando disserem que a mamãe ensinou que eles precisam lavar as mãos para pegarem o bebê!

BEBÊS CHORAM MUITO MESMO

Essa é a ÚNICA forma de comunicação que ele possui neste início. É através do choro que você tem como saber que ele está com fome, com frio, com sono, com a fralda suja, com cólica… Um único comportamento para expressar muitas necessidades. O que faz parecer que “meu bebê chora demais”. Quando na verdade ele só está conversando sobre várias coisas diferentes.

Não se desespere. Respire, tenha calma. Quem está apavorado é o bebê, você precisa manter o controle para finalizar bem o que está fazendo e atender a próxima necessidade mais rapidamente. As vezes, a mamãe acaba entrando em pânico com o choro e não consegue executar bem tudo o que precisa até poder sentar para dar de mamar tranquilamente. RESPIRE! Diga para ele que já vai mamar, falta pouco! Para o meu filho, eu tinha o costume de dizer assim: “Calma Felipe, você nunca esteve tão perto do próximo mamá”… Eu respirava, mantinha a calma, sim suando, mas respirando sempre, quando terminava de colocar a roupa, amamentava.

ELE DORMEM MUITO TAMBÉM, POR PERÍODOS MENORES

Podem dormir de 14 a 17 horas por dia nos primeiros dias de vida.

Nos primeiros meses, acredito que os 03 primeiros, o pediatra te deixará livre com os horários. Leve em consideração que a cada 02 a 03 horas o bebê precisa se alimentar. E que com muita sorte, seu bebê conseguirá ter um sono contínuo de até 06 horas. Hoje em dia, alguns pediatras já autorizam desde bem cedo a não acordar o bebê para mamar a cada 03 horas. Se este for o seu caso, meu conselho, minha amiga, é de que você tente puxar essas horas contínuas de sono para o período noturno. Para isso, amamente de forma regrada durante o dia, para que de noite ele esteja bem satisfeito e consiga dormir por períodos maiores.

Eles fazem muitos cochilos durante o dia, nas primeiras semanas, é natural. Ok vai, não vou te condenar se você me contar que TAMBÉM foi lá conferir se o bebê está respirando.

Até a próxima!!!

Muitos Beijos!!!

Deixe uma resposta

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>